Siga os Arautos:

Procurar no site

Tópicos recentes

Comentários

Arquivos

Categorias

Meta

Oração para pedir remédio nas necessidades da Igreja

avila

(Santa Teresa de Jesus)

 

Pai Santo, que estais nos Céus, não sois desagradecido para que pense eu que deixareis de fazer o que Vos suplicamos, para a honra de vosso Filho.

 

Não por nós, Senhor, que não o merecemos, mas pelo Sangue de vosso Filho e por seus merecimentos, e os de sua Mãe gloriosa, e os de tantos Mártires e Santos que morreram por Vós.

 

Ó Pai eterno! Vede que não se podem esquecer tantos açoites e injúrias e tão gravíssimos tormentos. Pois, Criador meu, como podem entranhas tão amorosas como as vossas sofrer que seja tido em tão pouca conta o que se fez com tão ardente amor de vosso Filho?

 

O mundo está pegando fogo, querem tornar a sentenciar a Cristo; pretendem demolir a sua Igreja: desmantelados os templos, perdidas tantas almas, abolidos os Sacramentos.

 

Pois que é isto, meu Senhor e meu Deus? Ou dai fim ao mundo, ou remediai tão gravíssimos males, que não há coração que o sofra, mesmo os nossos, que somos tão ruins.

 

Suplico-Vos, pois, Pai Eterno, que não o sofrais já Vós: atalhai este fogo, Senhor, pois se quereis, podeis; algum meio há de haver, Senhor meu: aplique-o vossa Majestade.

 

Tende pena de tantas almas que se perdem, e favorecei vossa Igreja. Não permitais ainda mais danos à Cristandade.

 

Senhor, dai já luz a estas trevas. Já, Senhor! Fazei que sossegue este mar; não ande sempre em tanta tempestade esta nave da Igreja. E salvai-nos, Senhor meu, que perecemos.

 

 

 

Ato de Confiança na Bondade de Nosso Senhor

Oracao_1_sao_claudio_de_la_colombiere

 

(São Cláudio de la Colombière)

 

Senhor, eis aqui uma alma que está no mundo para exercer a vossa admirável misericórdia e para fazê-la brilhar em presença do Céu e da Terra.

 

Glorifiquem-Vos os outros, fazendo ver qual é a força da vossa graça, pela sua fidelidade e constância; quanto sois doce e liberal para com os que Vos são fiéis.

 

Quanto a mim, glorificar-Vos-ei fazendo conhecer quanto sois bom para com os pecadores e quão acima de toda malícia está vossa misericórdia, a qual nada é capaz de esgotar; como nenhuma recaída, por mais vergonhosa e criminosa que seja, deve levar o pecador ao desespero do perdão.

 

Gravemente Vos tenho ofendido, ó amável Redentor meu; mas muito pior seria ainda, se Vos fizesse o horrível ultraje de pensar que não sois tão bom que me perdoeis.

 

Em vão o vosso e meu inimigo me arma todos os dias novos laços; tudo me fará ele perder, menos a esperança que tenho na vossa miserircordia.

 

Ainda que eu houvesse caído cem vezes, e fossem os meus crimes cem vezes mais horríveis do que são, ainda assim eu esperaria em Vós. Assim seja.

 

 

 

 

Oferecimento como vítima ao amor misericordioso de Deus

foto_7

 

Santa Teresinha do Menino Jesus

 

Para viver num ato de perfeito amor, ofere­ço-me qual vítima de holocausto ao vosso amor misericordioso, suplicando-Vos me consu­mais sem cessar, deixando transbordar em mi­nha alma as ondas de ternura infinita que em Vós se encerram, e que assim eu me torne, ó meu Deus, mártir de vosso amor.

 

Que este mar­tírio, depois de me ter preparado para compa­recer perante Vós, me faça afinal morrer, e que minha alma se precipite sem tardar nos abraços eternos de vosso amor mise­ricordioso.

 

Eu quero, ó meu muito Amado, renovar-Vos este oferecimento um número incontável de vezes, em cada palpitar do meu coração, até que, "desaparecidas as sombras", possa repetir-Vos o meu amor num face a face eterno!