Siga os Arautos:

Procurar no site

Tópicos recentes

Comentários

Arquivos

Categorias

Meta

Sete Domingos em honra de São José ou Coroa das Sete Dores e dos Sete Gozos de São José

sao_jose

 

Oração preparatória

 

D eus e Senhor meu, em Quem creio e espero e a Quem amo sobre todas as coisas, entre a multidão de meus pecados me confundo, e com sincero arrependimento peço-Vos perdão e clemência.

 

Pesa-me de Vos ter ofendido, e proponho, com a vossa Divina Graça, nunca mais tornar a Vos ofender. Tende piedade de mim, Senhor. Escutai os meus rogos e não permitais que eu me separe de Vós.

 

E vós, bondoso São José, intercedei por mim para que Jesus perdoe os meus pecados e derrame sobre minha alma os tesouros de sua Santa Graça para que eu possa fazer, com fruto, os Sete Domingos, em vossa honra e bem de minha alma.

 

Lembrai-vos, meu doce protetor, que ne­nhum dos que têm implorado vosso auxílio tem ficado sem consolo. Animado desta confiança, venho à vossa presença neste dia, suplicando-vos as graças de que necessito e que espero conseguir de Jesus e Maria. Amém.

 

Orações para cada domingo

 

I Domingo

 

Ó Esposo puríssimo de Maria Santíssima, glo­rioso São José, assim como foi grande a amar­gura de vosso coração na perplexidade de aban­donardes a vossa castíssima Esposa, assim foi indizível a vossa alegria quando pelo Anjo vos foi revelado o soberano mistério da En­car­nação. Por esta Dor e por este Gozo, vos pedimos a graça de consolardes agora e nas ex­tre­mas do­res, nossa alma, com a alegria de uma vida justa e de uma santa morte semelhante à vossa, assistidos por Jesus e por Maria. Pai-Nosso, Ave-Maria e Glória. São José, rogai por nós.

 

II Domingo

 

Ó felicíssimo Patriarca, glorioso São José, que fostes escolhido como Pai adotivo do Verbo hu­manado, a Dor que sentistes ao ver nascer em tanta pobreza o Deus Menino, se vos mudou em júbilo celeste ao ouvirdes a angélica harmonia e ao contemplardes a glória daquela brilhantíssima noite. Por esta Dor e por este Gozo, vos suplicamos a graça de nos alcançardes que, depois da jornada desta vida, passemos a ouvir os angélicos louvores e a gozar os resplendores da glória celeste.

 

Pai-Nosso, Ave-Maria e Glória. São José, sustentador do Filho de Deus, rogai por nós.

 

III Domingo

 

Ó obedientíssimo das divinas Leis, glorioso São José, o sangue preciosíssimo que na Cir­cun­cisão derramou o Redentor-Menino vos trespassou o coração, mas o nome de Jesus vo-lo reanimou, enchendo-o de contentamento. Por esta Dor e por este Gozo, alcançai-nos viver sem pecado, a fim de expirar cheios de júbilo, com o nome de Jesus no coração e nos lábios.

 

Pai-Nosso, Ave-Maria e Glória. São José obedientíssimo, rogai por nós.

 

IV Domingo

 

Ó fidelíssimo Santo, glorioso São José, que tam­bém tivestes parte nos mistérios de nossa redenção, se a profecia de Simeão a respeito do que Jesus e Maria teriam de padecer vos causou mortal angústia, também vos encheu de sumo Gozo pela salvação e gloriosa Ressurreição que, como igualmente predisse, teria de resultar pa­ra inumeráveis almas. Por esta Dor e por este Gozo, obtende-nos que sejamos do número daqueles que, pelos mé­ri­tos de Jesus e pela intercessão da San­tís­sima Vir­gem sua Mãe, hão de ressuscitar glorio­sa­mente.

 

Pai-Nosso, Ave-Maria e Glória. São José fidelíssimo, rogai por nós.

 

V Domingo

 

Ó vigilantíssimo custódio, íntimo familiar do Filho de Deus Encarnado, glorioso São José, quanto sofrestes para alimentar e servir o Filho do Altíssimo, particularmente na fuga com Ele para o Egito! Mas qual não foi também vosso Gozo por terdes sempre convosco o mesmo Deus e por verdes cair por terra os ídolos egípcios! Por esta Dor e por este Gozo, alcançai-nos que, afastando para longe de nós o infernal tirano, especialmente com a fuga das ocasiões peri­gosas, sejam derrubados de nossos corações to­dos os ídolos dos afetos terrenos, e que, inteiramente dedicados ao serviço de Jesus e de Ma­ria, para Eles somente vivamos e na alegria de seu amor expiremos.

 

Pai-Nosso, Ave-Maria e Glória. São José castíssimo, rogai por nós.

 

VI Domingo

 

Ó anjo da Terra, glorioso São José, que cheio de pasmo vistes o Rei do Céu submisso a vossos mandados, se a vossa consolação, ao reconduzi-Lo do Egito, foi turbada pelo temor de Ar­que­lau, filho de Herodes, contudo, sossegado pelo Anjo, permanecestes alegre em Nazaré com Je­sus e Maria. Por esta Dor e por este Gozo, alcançai-nos a graça de desterrar do nosso coração todo temor nocivo, de gozar a paz de consciência, de viver seguros com Jesus e Maria, e também de morrer assistidos por Eles.

 

Pai-Nosso, Ave-Maria e Glória. São José, casto guarda da Virgem, rogai por nós.

 

VII Domingo

 

Ó exemplar de toda a santidade, glorioso São José, perdestes sem culpa o Menino Jesus, e para maior angústia houvestes de buscá-Lo por três dias, até que, com sumo júbilo, gozas­tes do que era a vossa vida, achando-O no Templo en­tre os doutores. Por esta Dor e por este Gozo, vos suplicamos, com o coração nos lábios, que interponhais o vosso valimento para que nunca nos suceda perder a Jesus por culpa grave. Mas, se por desgraça O perdermos, com tão intensa dor O procuremos, que O achemos favorável, especialmente em nossa morte, para podermos glorificá-Lo no Céu e lá cantarmos eternamente suas divi­nas misericórdias.

 

Pai-Nosso, Ave-Maria e Glória. São José fortíssimo, rogai por nós.

 

Oração final

 

Ó Deus, que por vossa inefável providência Vos dignastes escolher o bem-aventurado São José para Esposo de vossa Mãe Santíssima, concedei-nos, nós Vo-lo pedimos, que venerando-o aqui na Terra como protetor, mereçamos tê-lo no Céu como nosso intercessor. Vós que viveis e reinais por todos os séculos dos séculos. Amém.

Oração a Jesus

oracao_jesus

 

São Luís Maria Grignion de Montfort

 

MEU AMÁVEL Jesus, permiti que eu me dirija aVós, para Vos testemunhar o reconhecimento pela graça que me tendes feito, dando-me a vossa Santa Mãe pela devoção da escravidão, para ser minha advogada junto à vossa majestade e o complemento universal da minha grande miséria. Infeliz de mim, Senhor, que sou tão miserável que, sem esta boa Mãe, estaria infalivelmente perdido. Sim, em tudo Maria me é necessária junto de Vós: necessária, para Vos aplacar em vossa justa cólera, pois Vos tenho ofendido tanto, todos os dias; necessária, para sustar os castigos eternos de vossa justiça, que mereço; necessária, para Vos olhar, para Vos falar, Vos pedir, Vos tornar propício e Vos agradar; necessária, para salvar a minha alma e as dos outros; necessária, em uma palavra, para fazer sempre a vossa santa vontade e buscar em tudo a vossa maior glória.

 

Ah! se eu pudesse publicar pelo universo esta misericórdia que tivestes comigo; se todo o mundo soubesse que, sem Maria, eu já estaria condenado; se eu pudesse dar dignas ações de graças por tão grande benefício! Maria está em mim, hæc facta est mihi. Oh! que tesouro! que consolação! E, depois disto, não me entregaria eu todo a Ela? Oh! que ingratidão, meu caro Salvador! Antes morrer do que esta desgraça! Prefiro morrer a viver sem ser todo de Maria.

 

Mil e mil vezes A tomei por todo o meu bem, como São João Evangelista ao pé da cruz, e outras tantas vezes me entreguei a Ela. Mas, meu bom Jesus, se ainda não o fiz conforme os vossos desejos, faço-o agora como quereis que o faça. Se vedes alguma coisa em minha alma e meu corpo que não pertença a esta augusta Princesa, peço-Vos arrancá-la e jogá-la longe, porque tudo que não pertence a Maria é indigno de Vós.

 

Ó Espírito Santo, concedei-me todas estas graças; e plantai, orvalhai e cultivai em minha alma a amável Maria, que é a árvore de vida verdadeira, a fim de que cresça, floresça e dê fruto de vida em abundância. Ó Espírito Santo, dai-me uma grande devoção e uma grande predileção por vossa Esposa divina, um grande apoio em seu seio de mãe e um recurso contínuo em sua misericórdia, para que nela formeis em mim Jesus Cristo ao vivo, grande epoderoso, até a plenitude de sua idade perfeita. Assim seja.

 

 

 

 

Eterno Senhor

oracao_santo_inacio_de_loyola

 

(Santo Inácio de Loyola)

 

Eterno Senhor de todas as coisas, eu faço a minha oblação, com o vosso favor e ajuda, diante da vossa infinita bondade, e diante da vossa Mãe gloriosa e de todos os Santos e Santas da corte celestial.

 

Eu quero e desejo e é minha determinação deliberada, contanto que seja para vosso maior serviço e louvor, imitar-Vos em sofrer todas as injúrias, todo vitupério e toda pobreza, tanto atual como espiritual, se vossa Santíssima Majestade me quiser escolher e receber em tal vida e estado.

 

 

 

 

 

 

 

Oração para pedir a salvação

santo_agostinho

 

(Santo Agostinho)

 

Socorrei-me, Senhor e vida minha, a fim de que não venha a morrer na minha maldade. Se não me criásseis, não existiria; criastes-me, passei a existir; se não me dirigirdes, cessarei de existir. Não foram encantos ou méritos meus que Vos compeliram a dar-me o ser, senão a reivossa infinita munificência.

 

Suplico-Vos, pois, que aquele mesmo amor que Vos compeliu à minha criação, possa igualmente compelir-Vos a reger-me; porquanto, que aproveita haver-Vos o vosso amor compelido a criar-me, se eu morrer na minha miséria, privado da direção de vossa destra?

 

Obrigue-Vos, Senhor, a salvar-me essa mesma clemência que Vos levou a tirar do nada o que jazia no nada; vença-Vos em libertar-me a caridade que Vos venceu em criar-me, pois não é hoje menor este vosso atributo do que era então.

 

A caridade sois Vós mesmo, que sempre sois e não mudais. Não se Vos encurtou a mão, que não possais salvar-me; nem se Vos endureceu o ouvido, que não mais Vos seja dado ouvir-me.